quarta-feira, 1 de junho de 2011

Te quero tanto. Por que não vem?


Não consigo dormir... Estou rolando na cama após nossa última conversa. É como sempre acontece: aparece de repente, me instiga, me envolve, me seduz e me deixa assim...
Tua imagem que teima em inundar meus pensamentos. Meu coração acelera e rolo mais uma vez embaixo dos lençóis. Meus sentidos latejam, não tem mais como te apagar de mim...
Meu corpo grita por você, te chama. Preciso do teu corpo colado ao meu, das tuas mãos a percorrer minhas curvas, a saciar meu desejo...
Rolo mais uma vez. A pele arrepiada. Mamilos rijos. Mãos inquietas a apertar as coxas. Tua imagem não me sai da cabeça. Teu cheiro invade meus pensamentos.
Não quero mais esperar por ti. Não quero mais me render a você. Não quero estar disponível ao teu prazer, ao nosso...
Não vejo mais nada, só a tua lembrança, como se fosse um filme que se repete diversas vezes. Me lembro do teu jeito de afastar minhas pernas e de como segura com firmeza em minha cintura, enquanto esfrega teu pau rijo entre elas... Me envolve com tuas mãos, sempre a me prender os braços contra a cama e a dizer: “vai entrar na linha, está muito desobediente mocinha, mas sei como fazer com que me obedeça.” Senta-me na cama e vai passeando com tua língua pelo meu corpo. Pescoço, seios, barriga, cintura, virilha, coxas. Para me enlouquecer, lambe de leve meu clitóris, uma, duas, três vezes, quantas achar necessário. Me derreto em tua boca. Me degusta como se fosse um aperitivo antes do prato principal...
Molhada, explodindo de desejo, tesão, me toco com vontade. Sinto o corpo latejar, arder... Prendo com força os dedos entre as pernas, enquanto meus gemidos solitários ecoam pelo quarto vazio...
------------------------------------------------------------------------
Ah, será que um dia isto passa?

7 comentários:

  1. Oi Wrong,

    Digo com toda certeza, levando em conta o texto, que esse cara deve saber como fazer, não é mesmo? (Risos)

    Saudades, moça. Uma ótima tarde para você.

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  2. Com pensamentos desses é difil adormecer...lol.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhhhhhh Passa sim, príncipalmente se ele não estiver mais afim, o que eu acho impossível, porque você é um tesão só.

    Agora, demoooooooooora para passar. rsrs...

    Sofrí duas vezes por conta de sentimentos parecidos já e sei que demooooooooooora a passar.

    Beijos do Conde.

    ResponderExcluir
  4. Tuas palavras me lembram sabores...

    ResponderExcluir
  5. ai ai wrong, q vontade de xupar vc todinha e ver logo no dia seguinte um post do blog em especial aos orgasmos que faria-lhe ter aos extremos, liberando nanoprazerotomos que vem de seu interior como uma tsuname em furia imparável! ASS: Primo...

    ResponderExcluir
  6. Putz...
    Se encaixar mais comigo atualmente...
    Sei bem o que é sentir isso.

    ResponderExcluir

Sou tua em corpo, alma e palavra. Leia-me, traduza-me e reescreva-me...sempre!