terça-feira, 12 de abril de 2011

Somente


Só quero ser tua mulher, tua amante, tua puta.
Correr nua na chuva, transar em meio a tempestade.
Sentir tuas mãos entre minhas pernas, invadindo minha calcinha durante o trajeto de metrô.
Esperar por você, me tocar por você, queimar por você!
Estar nos teus sonhos mais picantes e nas tuas fantasias reais.
Embaçar o vidro do carro no estacionamento do shopping.
Tirar a roupa nas escadas, antes de chegar ao quarto.
Abrir minhas pernas e gemer alto ao sentir teu pau me invadir.
Ter tuas mãos a puxar meus cabelos enquanto você me domina, me põe de quatro.
Escutar tua respiração ofegante e olhar tua cara de prazer enquanto te cavalgo.
Sentir teu gozo quente escorrer em minhas pernas depois de me sentir mais viva.
É isso, somente isso...

4 comentários:

  1. Muito intenso. Adorei.


    Beijo IN_

    ResponderExcluir
  2. Oi Wrong,

    É desejo, o (não) ser mais implacável que eu conheço.

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir

Sou tua em corpo, alma e palavra. Leia-me, traduza-me e reescreva-me...sempre!